Pandemia e mudança climática

Proportion
Categories: ESG, NOTÍCIA

Pandemia e mudança climática

Esse texto é sobre ESG. E é sobre impacto da Mudança Climática nas finanças, não se engane. Um relatório publicado pela escola de saúde pública de Harvard, intitulado REPORT OF THE SCIENTIFIC TASK FORCE ON PREVENTING PANDEMICS  descreve as  bases científicas para a tomada de ações para impedir a próxima pandemia, evitando a propagação de patógenos de animais para pessoas. O relatório fornece recomendações para pesquisas e ações para prevenir novas pandemias que têm estado ausentes das discussões de alto nível sobre prevenção, incluindo um novo apelo para integrar ações de conservação com o fortalecimento dos sistemas de saúde em todo o mundo.

Principais achados

Entre os principais  achados desse estudo está a correlação direta da ação do homem no favorecimento das pandemias ou como eles dizem, no transbordamento de possíveis patógenos pandêmicos. O estudo aponta que isso ocorre a partir de operações pecuárias; da caça e comércio de animais selvagens; da mudança no uso da terra – e da destruição das florestas tropicais em particular; da expansão de terras agrícolas, especialmente perto de assentamentos humanos; e a urbanização rápida e não planejada. A mudança climática, segundo o estudo,  também está reduzindo os habitats e empurrando os animais terrestres e marítimos para novos lugares, criando oportunidades para os patógenos entrarem em novos hospedeiros.

Os investimentos na agricultura sustentável e na prevenção de colheitas e desperdício de alimentos são essenciais para reduzir as perdas de biodiversidade, conservar os recursos hídricos e prevenir novas mudanças no uso da terra, promovendo a segurança alimentar e o bem-estar econômico.
O fortalecimento do sistema de saúde é  são essenciais para o avanço conjunto da conservação, da saúde humana e animal e da prevenção de transbordamentos.
Pesquisas anteriores do Dr. Bernstein e dos seus colegas, autores do estudo publicado,  descobriram que os custos de prevenção da próxima pandemia – reduzindo o desmatamento e regulamentando o comércio de animais selvagens – são de apenas US $ 22 bilhões por ano, 2% dos custos econômicos e de mortalidade de responder ao COVID-19.

O relatório está aqui. São 44 páginas. Ler e entender as complexidades demanda mais dedicação do que acreditar em teorias conspiratórias, como por exemplo a de que a China fez vírus em laboratório. Mas vale muito a pena.

 

 

 

Posts relacionados

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 4 =